Promover as medidas para controle do novo coronavírus e evitar o avanço da doença no município. Com esse propósito, a equipe da SEMUS realizou reunião com autoridades de  Segurança, para tratar das ações contra a Covid-19.

A reunião ocorreu na Secretaria Municipal de Sáude (Semus), com participação da Polícia Militar. Ficou definida a fiscalização em bares e restaurantes, para fazer cumprir as normas e conscientizar a população. O trabalho segue o que determina decreto do Governo do Estado e norma municipal.

“Quero parabenizar a Equipe da Secretaria Municipal de Saúde por está empenhada no combate a pandemia no nosso município e por está realizando reunião  para tratar das ações referentes à fiscalização das novas medidas editadas, no que diz respeito à restrição ao funcionamento de bares e restaurantes, e também, a proibição festas e eventos, de acordo com o que diz decreto do Governo do Estado. Estamos trabalhando para fazer cumprir estas normas e assim, proteger nossa população dessa doença que está impactando e causando prejuízos no mundo todo”, destacou a prefeita Dilcilene Oliveira.

A fiscalização vai atuar em em bares, restaurantes e estabelecimentos afins para conscientizar e orientar as pessoas no cumprimento das normas, como uso de máscara, de alcool em gel, evitar aglomeração e só sair de casa se for necessário, entre outras orientações. O trabalho será executado pela Vigilância Sanitária do município, com apoio da Polícia Militar.

O titular da Semus, Fernando Costa, enfatizou a importância em seguir as medidas e ter atitudes conscientes sobre a doença. “É uma doença grave, que mata e para a qual a vacina ainda chegou para todos. Todos precisamos ter atenção aos cuidados ara prevenir essa doença. A prefeitura fará sua parte com a fiscalização e contamos com a população para somar conosco nesta luta. Se todos seguirem as normas, estaremos mais protegidos da Covid-19”, reforçou o gestor.

VACINAÇÃO

Último boletim epidemiológico divulgado pela Semus, aponta 65 casos confirmado da Covid-19 no município. O boletim aponta quatro óbitos, dois casos ativos, 59 recuperados e 192 suspeitas descartadas. Há três casos suspeitos em análise. Para detectar com mais rapidez a doença, a Prefeitura já realizou 642 testes.

O município já recebeu 318 doses de vacinas, sendo um total de 72,33% foram aplicadas no público alvo, conforme define o Ministério da Saúde. Na lista estão, profissionais da saúde, pacientes oncológicos e com comorbidades, deficientes institucionalizados e pessoas acima dos 60 anos de idade.