O governador Flávio Dino anunciou há pouco as medidas de restrição de atividades comerciais na Ilha de São Luís.

Por dez dias, a partir da sexta-feira (5), o comércio só poderá começar a funcionar a partir das 9h, com fechamento obrigatório às 21h.

Aulas presenciais também estão suspensas nesse período, tanto em escolas, quanto em universidades.

Festas e eventos, de qualquer porte, estarão proibidos.

O governador também informou que novas doses de vacina não serão entregues a municípios que não comprovarem a aplicação de pelo menos 60% das doses já aplicadas.

Segundo ele, isso decorre do fato de que algumas secretarias municipais de saúde não estão alimentando corretamente o sistema de informações do Plano Nacional de Imunização.

“Não podemos continuar a entregar vacinas para municípios que não comprovem a aplicação das vacinas”, disse.

(Do blog do Gilberto Léda)