“Olho para o passado com embriaguez, mas não é com menos deslumbramento que encaro o nosso futuro. Eis-nos, agora, um do outro para todo o sempre, sem ansiedades, sem inquietações, sem angústias. Atravessamos e vencemos tudo o que era mau e que poderia ser fatal. Estamos na plena posse dos nossos dois destinos fundidos num só.
O nosso amor não terá a frescura dos primeiros tempos, mas é um amor posto à prova, um amor que conhece a sua força, e que mesmo para além do túmulo, espera ser infinito. O amor, quando nasce, só vê a vida, o amor que dura vê a eternidade.”

Quando dois corações se encontram dentro da vontade de Deus o resultado é um casamento perfeito, regado de amor, ternura e muito romantismo. Foi assim o casamento de Shirley Perote e Mezaque:  dois jovens que prometeram diante do altar de Deus viver juntos, um ajudando o outro, até que morte os separe.
A cerimônia foi realizada no templo central da Assembleia de Deus em Maracaçumé. O pastor Josimar Silva realizou a cerimônia e o pastor João Damasceno consagrou o casal a Deus.
O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
Confira alguns registros do momento.