Na manhã deste domingo (21) amanheceu plantado coqueiros e bananeiras em uma rua não identificada no Bairro da Mangueira em Maracaçumé. Segundo os moradores o protesto foi a única maneira de chamar a atenção do poder público que não cumpre com o seu dever.

O buraco de lama se repete todos os anos e nada é feito para melhorar a situação.

Esse tipo de protesto era rotineiro no governo do prefeito Franco de Oliveira, onde os moradores, inconformados, plantavam bananeiras nas imensas crateras que se formavam na cidade.

Resta agora o prefeito se manifestar.