A cidade de Amapá do Maranhão, distante a 209 km de São Luís, vive uma incerteza na política. Em menos de 15 dias a prefeita e vice-prefeito são afastados por irregularidades na administração pública.

A prefeita Tate do Ademar foi afastada, por 90 dias, no dia 23 de Maio motivado por suspeita de fraudar em licitações.

O vice-prefeito Joao Vilar (PCdoB), que tomou posse logo no dia seguinte (24), não realizou nenhuma mudança e manteve os mesmos secretários nas pastas de administração, finanças e tesouraria no município. Diante dos fatos a câmara resolveu afastar o vice também por está compactuando com as irregularidades da ex-prefeita Tate.

A sessão que afastou o vice-prefeito aconteceu nesta sexta-feira (01) e 7 dos 9 vereadores votaram para que ele fosse afastado. . 

O presidente da Câmara Renato Araújo foi empossado como o novo prefeito do Município.