Os deputados Wellington do Curso (PSDB) e Neto Evangelista (DEM) trocaram ‘trocaram farpas’ na sessão desta quarta-feira (25) na Assembleia Legislativa.

Tudo começou quando Wellington disse que o pai de Neto Evangelista, o ex-deputado e ex-presidente da Assembleia João Evangelista fez parte da oligarquia Sarney. “V. Exa. tenta o tempo todo colocar como se fizéssemos parte de uma oligarquia. E aí voltando ao passado, lembrando que o seu pai é que foi secretário da oligarquia, seu pai fez parte da oligarquia. Então, o senhor pode ter nascido na oligarquia”, afirmou do Curso.

Logo após, Neto Evangelista subiu indignado à tribuna e disparou contra Wellington. “Primeiro, aprenda como cidadão a não tocar em nome de pai morto, a primeira coisa que V. Exa. deve fazer. Vossa Excelência não tinha meu respeito como parlamentar, Vossa Excelência não tem o meu respeito hoje como gente. V. Ex.ª não conhece a história de meu pai. V. Ex.ª não conhece a minha história. Eu tenho respeito por todos os meus colegas parlamentares, independente de posição política. Então, quando for pensar em citar o nome de meu pai nesta tribuna, pense sempre duas vezes, seja para falar mal, seja para falar bem. Como filho, na minha frente, eu não dou o direito de V. Ex.ª tocar no nome de meu pai. Tome tenência, deputado”, revidou Evangelista.

Veja a discussão nos dois vídeos abaixo.



Fonte: Blog do Minard