O Blog recebeu informações de que mais dois candidatos que passam pelo Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar do Maranhão na manhã deste sábado (3) sentiram-se mal e precisaram de atendimento médico de urgência. Um deles estaria no balão de oxigênio.

O teste está sendo realizado no Complexo Esportivo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) no Bacanga em São Luís. No local, três ambulâncias do Samu e Corpo de Bombeiros ficam de prontidão para prestar apoio aos candidatos.

A situação é preocupante haja vista que já foram registradas duas mortes em menos de uma semana durante a aplicação do teste.

Marcone Ferreira Cordeiro e Daniele Nunes Silva morreram após serem socorridos ainda com vida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui Bacanga.


Os profissionais responsáveis pelo TAF devem ser questionados quanto aos exercícios aplicados e alguma medida deve ser tomada antes que sejam registrados outros óbitos.

Informações do Blog do Minard.