O bairro da Mangueira em Maracaçumé começa a sofrer por falta de água. Quando chega o período de estiagem e os poços secam a população chora com os baldes vazios. Sem água os serviços básicos de um domicílio são paralisados.

O poço que atende o bairro citado não suporta mais a demanda que viu sua população triplicar nos últimos anos. Porém o poder público não tomou nenhuma providência para resolver o problema que se repete ano após ano.

Isso chama-se falta planejamento da gestão pública, haja visto que a população do bairro aumentou e o poço não suposta mais a demanda. A prefeitura deveria ter mandando cavar um outro poço para garantir água potável para todos.


Essa dificuldade de água é corriqueiro em vários bairros da cidade. Diante de tanto desprezo a população padece e aguarda, ansiosa, o período da chuva para a situação normalizar novamente.