A Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Carutapera iniciou, segunda-feira (24), uma ação de saúde voltada aos mais de 50 presos. A programação, que acontece até segunda feira (31), tem como objetivo a promoção da qualidade de vida dentro do ambiente carcerário, política executada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

A ação, feita por profissionais do núcleo de saúde do próprio estabelecimento, é resultado de parceria com voluntários de igreja evangélica. Além disso, foram feitos atendimentos odontológicos e consultas médicas. Após a consulta, os internos já recebem o remédio receitado.

Entre os atendimentos realizados estão testes de Glicemia, aferição da pressão arterial, pesagem, exame bucal, como forma de prevenção do câncer de boca, além de palestras e orientações sobre alimentação, higiene íntima e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s).

No decorrer da iniciativa, os internos ainda contarão com campanhas de imunização como, por exemplo, a vacinação contra gripe e Tétano. Uma palestra sobre o ensino religioso na unidade prisional também serão ofertados até o fim da semana.


“Devido às condições em que se encontram e por serem mais suscetíveis às doenças, essas ações visam minimizar o máximo os problemas que acometem os presos. Elas têm como objetivos a questão da orientação e também da prevenção”, concluiu a enfermeira da unidade, Dayana Rocha.