O menor mês do ano se vai, Fevereiro, um mês que ficará em minhas lembranças e na lembrança de muita gente. Pois foi nele que aconteceu a maior festa pentecostal de todos os tempos da Assembleia de Deus de Maracaçumé. Um tempo inesquecível - onde posso declarar: “Fui ao Céu e ao inferno, provei do doce e do amargo, contemplei a plenitude da fé e o egoísmo da alma. Um tempo que ficará marcado no meu calendário, pois foi um tempo de perdas, mas de ganhos também”. Até mais fevereiro, e que os frutos desse tempo possam ser colhidos lá na frente.