Adrenalina percorre as veias e viaja pelo corpo produzindo milhões de sensações. Apenas um toque é capaz de produzir tudo isso em um único instante. Ditame que o universo conspira e acata, até as palavras são fatores que contribuem para a fogueira “que se transforma o corpo” e conflagra a alma em abraços, beijos e sexo.

As sensações são tão fortes que a mente fica impossibilitada de ajuizar sobre os riscos de certas atitudes que podem deixar marcas para sempre. Isso se chama atração: relação de dois corpos que se uni em único intuito... Perpetrarem um momento de amor, onde o apego e a paixão se resumem em uma única percepção... Prazer!

Esse deleite todo do sexo favorece para o metabolismo do corpo o que beneficiar uma qualidade de vida saudável. E mais, possibilita dias melhores com disposição para exercer as atividades com vivacidade e jovialidade na alma.

O sexo não é Deus, mas produz milagres imagináveis pela razão humana, milagres esses que são comprovados pelos estudos da ciência e suas tecnologias. Portanto, não é errado praticar sexo, desde que seguro e pautado dentro dos princípios éticos estampados na Bíblia, ou seja, só vale para quem está casado e bem casado!



RENATO