Perdas fazem parte da vida, desde cedo percebemos que pessoas nascem e morrem, e desde que o homem surgiu já nasceram e morreram cerca de 75 bilhões de pessoas - muitos talentos que passaram por aqui e se foram deixando legados que ninguém lembra: poucos são os lembrados, esses estão cravados na historia da humanidade e de lá, ninguém os tira. São os talentosos e revolucionários como: Sócrates; Platão, Cristóvão Colombo, Hitler, Maomé, Jesus Cristo e etc... - este último mudou a forma de se adorar a Deus.

No mundo atual somos mais de 7 bilhões de pessoas, no meio disso tudo se encontra eu e você, pessoas simples, mas que podem de uma hora para outra fazer parte da historia para sempre. Eu acredito nisto e vou lutar para tal, não como um foco principal, mas entre os objetivos principais de vida!

A vida é curta, tão curta que quando pensamos que temos 25 anos, já estamos batendo na casa dos 70 e quando olhamos para trás percebemos que a vida não é nada. Por isso que cada segundo deve ser encarado com grande valor, pois depois que a morte bater na nossa porta não teremos outra chance. (sou cético não acredito em reencarnação e nenhuma outra filosofia parecida), portanto, o agora é à hora de sermos heróis e desbravadores de sonhos!

Desbravar o impossível, essa deve ser a missão de cada ser humano enquanto o fôlego de vida tiver; isso significa buscar os desejos mais íntimos e lutar por eles... deixar o medo, a apatia, o desânimo de lado e, se agarrar com a coragem, a determinação, a convicção, e acima de tudo: se agarrar com a fé, pois sem ela não se consegue chegar a lugar nenhum.

Por que escrevo tudo isso acima? Por que vejo que muitas pessoas têm medo de encarar a vida como ela deve ser encarada: com garra! Não devemos em hipótese alguma deixar que amigos ou parentes opinem em nossos sonhos, pois muitos deles só servem para frustrar tais sonhos. Na historia de vida de cada um, o autor principal somos nós mesmos (não existe essa de autor colaborador), portanto, temos o papel e a caneta na mão - o resto quem cria é nós mesmos, depende da gente desenvolver uma historia de sucesso ou de fracasso. E não venha com drama depois em querer culpar alguém se caso sua vida não foi um sucesso. O seu sucesso depende das decisões que você toma hoje e como você irá conduzir-la durante a pequenez trajetória que se chama: vida!

UM GRANDE ABRAÇO:
Renato...